História Imprimir
 

Acordeon Todeschini - O inicio 

 

 


LuizTodeschini

15 Setembro de 2006
100 anos de nascimento.
                                                                           O SONHO

         Luiz Matheus Todeschini nascia em 15 de Setembro de 1906, em Alfredo Chaves, hoje Veranópolis. Certa vez quando criança foi à casa de Túlio Veronese, que consertava acordeões. Ficou muito curioso ao ver uma máquina rudimentar que fazia botões de ossos de canela de boi para os instrumentos. Em 1914 a família Todeschini mudava-se para Bento Gonçalves na localidade de 15 de Graciema. Aos 13 anos trabalhava na oficina de Luigi Somensi (seu vizinho) que consertava jóias e acordeões . Passando algum tempo veio morar com a família Somensi, Cesari Apiani e Maria Savoia, italianos que fabricavam acordeões, com este casal sem dúvida alguma Somensi e Todeschini enriqueceram seus conhecimentos na fabricação desses instrumentos. Passados dois anos, o casal de imigrantes fixou-se no distrito de Santa Teresa e montaram uma pequena industria de gaitas de botão.

                                                                                        O APOGEU

             Para melhorar as gaitas que fabricavam, Todeschini foi estudar música com o Sr Diacetti em Garibaldi, viagens que fazia de bicicleta e posteriormente a cavalo. O primeiro acordeon a piano fabricado no Brasil foi feito por eles em 1925, tinha 37 teclas e 80 baixos. Este instrumento participou na Exposição Agro-industrial de Porto Alegre, e ganhou medalha de ouro. Em 1930 morreu Luigi Somensi , Todeschini ficou responsável pela pequena indústria e dividia os lucros com a viúva. Em1932 já casado conseguia comprar a fábrica mudando-se para a zona urbana de Bento Gonçalves, em 5 de outubro do mesmo ano registrou sua firma com o nome “Grande Fábrica de Instrumentos Musicaes a Foles de Luiz M. Todeschini”. O 1° acordeon foi vendido para Antônio Mazo o 2° para Antônio Romagna , os dois de Bento Gonçalves. Em 1938 ganhava o 1º prêmio na exposição de harmônicas em Santa Maria. Luiz Matheus Todeschini faleceu em 17 de abril de 1996 em Bento Gonçalves-RS.